Fim

Estranho o modo como as coisas acabam, simplesmente deixando de ser…realmente, nada é eterno, mas enquanto existe nutrimos uma esperança de que seja. Mas acaba…

Seria bom se houvessem motivos fortes, decisões heroicas, sacrifícios…mas a grande maioria das coisas da vida, inclusive ela, não tem roteiro, não segue a jornada do herói, não sobrevive aos enormes desafios como se espera que fizessem.

Seria maravilhoso se em dadas situações fôssemos como um Balboa, sofrendo e pedindo mais socos: “Bate! Bate!” Com a certeza de não ser derrubado, muito machucado, mas com postura de campeão, pronto para mais um direto e preparando o contra golpe.

Não é assim, não tem Eye of the Tiger, falta Glory of Love…é só o the end, sem tempo para reagir, sem forças para se reerguer, sem contagem regressiva para o continue…

Apenas o fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s